domingo, 8 de fevereiro de 2009

Mais um anoitecer.

A noite se aproxima, com ela as nuvens de saudade encobrem o anoitecer. A brisa acaricia a relva das montanhas fazendo um doce ballet esbranquiçado com o fechar da densa cortina de nuvens. Um cenário belo só interrompido pelo som cortante dos raios no horizonte. O prenúncio da tempestade a chegar. A brisa se transforma em fortes sopros de dor, lágrimas caem e a chuva aumenta. Ali fico por horas a pensar nessa saudade louca. O cheiro da chuva de mais um anoitecer logo trás bons momentos. A tristeza some no vento que carregou para longe a tempestade.



2 comentários:

Morganna disse...

não sei se os bons tempos voltaram. mas você é teimoso e eu adoro pessoas teimosas.
o endereço do estalar voltou. ainda que seja o velho estalar. =)

descoli. disse...

saudade, sono e chuva. minhas amigas. ;/